Portuguese Jewellery Guide



Foi com grande admiração que aqui há algumas semanas recebi um convite da AORP para integrar uma acção de bloggers que nos iria levar a conhecer mais de perto o mundo da joalharia portuguesa e todas as novidades aquando da inauguração do PortoJóia 2016.

Foi um dia bem cheio e que quem nos segue pelo Instagram pode ver aos bocadinhos enquanto partilhava momentos pelo IG Stories. Começou bem cedo, pelas 9h na sede da AORP, seguindo-se uma visita guiada à conhecida Topázio, à Mimata, um almoço super bem disposto e finalmente a chegada à Exponor para o primeiro dia do PortoJóia.

Das saídas de fim-de-semana



Fechamos Setembro com um saldo positivo de cinco OOTDs, algo que já não acontecia há algum tempo, o qual me deixa orgulhosa (e agradecida por quem me tira as fotos) mas que mesmo assim me sabe a pouco porque gostaria de fazer muito mais, e muito melhor como é óbvio.

As fotos foram tiradas na entrada do Museu de Serralves, aquando do Gin Tasting & Spirits no qual estive presente e ao qual fui acompanhada pela parceira do costume.

Os essenciais da minha secretária



Desde que passei a trabalhar maioritariamente a partir de casa, a minha secretária é aquele sítio no qual sou capaz de passar horas o que significa que, sendo uma freak da organização, tenho de ter tudo de um certo modo, o meu modo, de forma a ter o trabalho facilitado.

Se a minha secretária é o meu local de trabalho, quando estou por casa, também é o local desde onde escrevo o blog, aponto ideias, planeio a minha semana e por vezes o sítio aonde me sento a relaxar com uma chávena de chá e um livro. 

Mood



O Outono chegou oficialmente e a vontade de tudo o que tem a ver com ele é enorme e cada vez cresce mais. Depois do amor por sobretudos, sou confessa fã de casacos estilo biker jacket, especialmente os clássicos pretos.

Este mood é bem mais desportivo, mais rock style mas mesmo assim acho-o perfeito e em certos dias é tal e qual como me apetece vestir para um passeio pela cidade, mesmo que com frio e céus cinzas.

Para ler



Quem me conhece minimamente sabe que desde cedo me tornei uma devoradora de livros. Não sei bem quando começou mas acho que foi sem dúvida com os livros da Anita (agora Martine) e a partir daí a vontade de ler sempre mais e mais acabou por crescer.

Falei sobre isto neste post no Dia Mundial do Livro e agora decidi trazer algumas das minhas selecções para os meses que se avizinham, isto porque a lista de livros a ler não para de crescer e sou do tipo de pessoa que facilmente lê um livro (dos de 300 páginas) num só dia, se a história me prender.

Instagram

© The Paper and Ink. Design by Fearne.