SLIDER

JOANA CARDOSO


PORTO,PT
27 anos, plus-size blogger e fotógrafa

Truth Be Told - Alopecia (cont.)

(November 7th, 2012 - 6 months of treatment)

Decidi continuar mais um bocadinho com este tema que me afecta a mim e a muitas outras pessoas, apesar de serem poucas as que tem coragem de expor a verdade.

Vou ser breve porque talvez ainda haja muito a dizer, mas quero só mostrar os avanços que tenho tido com o tratamento e que com ajuda médica e sem vergonha podemos melhorar e muito!

:::::::

I decided to carry on a little more with this subject that affected my life and many others so closely, although not many of them have the courage to come out and expose the truth.

I will be brief because there is yet a lot to be said, but i only anted to show some of the progresses that i have been noticing since i started my treatment and that with medical help and without being ashamed we can have significant progresses!

(March/May 2010)

Acho que nunca por aqui tinha mostrado estas fotos,e foi sem dúvida ao revê-las no princípio do ano que na minha cabeça soou o alarme que precisava de ajuda, que bastava de andar a porterlar e de dizer a mim mesma que aquilo havia de passar.

Começou por volta dos meus 14/15 anos e piorou imenso até ao princípio de 2012, quer de parte hormonal quer pela parte em que os meus nervos e problemas de depressão se iam acumulando e afectando ainda mais.

Estou agora à 6 meses em tratamento médico com medicação maioritariamente hormonal e a ter um cuidado redobrado com o meu cabelo e os seus cuidados.

Já tinha aqui referido o nome do médico mas para quem não se lembra ou quem de novo perguntou, estou a ser seguida pelo doutor Fernando Ribas na Derma Ribas, na zona da Boavista (Porto). Cada consulta custa 80€ mas são espaças e o médico é uma pessoa super acessível e carinhosa. A primeira consulta foi em Março,a segunda passado dois meses e a terceira, no dia ontem foi 4 meses depois da última. Agora só volto lá em meados de Abril, ou seja daqui a 6 meses. Se virmos bem mais vale investirmos um pouco e conseguirmos melhoras significativas tanto a nível de saúde tanto com a nível estético.

Estou realmente feliz e acho que as diferenças falam por si. O médico estava espantado e eu também, e é realmente bom recuperarmos a confiança em nós mesmas, sendo que eles problema pode de facto atingi e trazer bem para o fundo a nossa auto-estima.

Também tive a opurtunidade de conhecer a Mantinha (obrigada à Guida por nos apresentar), uma pessoa com o mesmo problema e que se abriu,tal como eu, aos seus seguidores sobre este problema. Que mulher!!!

:::::::

I don't believe that i have ever showed this photos around here and as i went through them at the beginning of this year the loud alert sounded in my head and i knew at that point that i needed help, that i had had enough of postponing and telling myself that i would get better.

It all started when i was about 14/15  and that got much worse until 2012 , from either the problems with hormones or the fact that my nerves and depression problems that kept pilling up and affecting me even more.

I have been on treatment for 6 months now with the right meds, mostly hormonal treatments (like the pill) and  with a redoubled care for my hair and how i take care of it.

I have been investing 80€ in each appointment, though i only had three this year and the next one is only in six months. So, what i can say is that you better invest a little more on your help because you will end up seeing significant improvement in your health and in the aesthetic side of the problem.

I am truly happy and i do believe that the changes speak for themselves. My doctor was astonished and so was I. It's so good to regain that trust in ourselves, knowing that this kind of problem can really bring us down when it comes to our self-esteem.

7 comments

  1. Iey para a Joana *-*
    A melhoria é fantástica *-*
    Parabéns <3

    ReplyDelete
  2. A melhoria é de facto notória! Fico muito contente por ti Joana e admiro muito a tua coragem por falares deste assunto tão abertamente! Good things will come your way, tenho a certeza :) **

    ReplyDelete
  3. Nota-se muito bem a melhoria! Que bom!
    Fico feliz por ti e admiro-te por falares disto aqui e poderes ajudar quem sofre do mesmo.
    Um beijinho
    S.

    ReplyDelete
    Replies
    1. Só quem passe por elas é que sabe e é realmente óptimo!
      Aww,obrigada!
      Beijo enorme!

      Delete
  4. Tenho o mesmo problema desde que entrei na faculdade. Acabei no ano passado e fiz alguns tratamentos mas nunca fiz o estudo que devia.
    Sei que é alopécia androgenética porque, para além de ser veterinária e ter um conhecimento mais dentro, a minha irmã também tem.
    Quando for a Portugal agora em Junho vou começar com uns estudo mais direccionado, muito provavelmente com doseamento hormonal.
    Sei tão bem pelo que passas, quero apanhar o cabelo e tento tapar todas as falhas que tenho e fico frustrada. Detesto que pessoas olhem para mim de determinados ângulos porque sei que tenho falhas naquela parte. Não poder usar franja porque não tenho cabelo para tal... Ter um cabelo fraco que parece que paira no ar, não é volumoso, não cai.
    Aqui em Londres vejo tanta tanta tanta rapariga com o mesmo problema que nós, algo que nunca pensei.

    ReplyDelete

© The Paper and Ink