SLIDER

JOANA CARDOSO


PORTO,PT
27 anos, plus-size blogger e fotógrafa

FASHION REPORT | Golden Globes'14



...the favourites

Dois dias depois finalmente trago-vos os meus favoritos que apareceram na Red Carpet dos Golden Globes, no passado Domingo. Tenho a dizer que fiquei muito desapontada com a maioria das escolhas, tudo isto de um ponto de vista pessoal, e quem por norma costuma aparecer impecavelmente em todas as red carpets parece não o ter feito, dando o lugar de destaque, a meu ver, a celebridades de cariz menor e que conseguiram comportar visuais muito mais deslumbrantes.



Logo a começar com Lupita Nyong'o com um vestido vermelho Ralph Lauren. A actriz do filme 12 Anos Escravo é uma estreia neste mundo, mas espero que o seu futuro seja brilhante porque para além de talento mostrou um gosto simples mas eficaz, que primou pelo uso da cor. E ainda Lily Rabe com um vestido Georges Hobeika, num preto transparente, com uma saia fluída e pormenores cintilantes, a actriz da série American Horror Story parece uma princesa autêntica saída de um conto de fadas.




As minhas quatro escolhas seguintes vão para Juliana Margulies num lindíssimo Andrew Gn, um vestido simples mas que com os detalhes bordados a dourado conseguiram trazer uma lufada de ar fresco a um vestido que poderia ter sido um clássico preto. Acho que para a idade da senhora e para o seu corpo o vestido ficou lindíssimo. Seguidamente, a belíssima Cate Blanchett em Armani, um vestido transparente, todo em renda, preto e pura e simplesmente perfeito, só tenho a acrescentar que quem me quiser dar o vestido, faça o favor. 
A querida Sarah Hyland (Modern Family) usou também um Georges Hobeika, rosa e lindo. Apesar dos seus 23 anos a Sarah parece bem mais nova (tal como eu) e este vestido apesar de ser um bocadinho mais conservador do que seria usado por miúdas da sua idade, ficou-lhe absolutamente arrasador e foi uma aposta segura mas muito bem feita,

E finalmente a menos conhecida Zosia Mamet (Mad Men e Girls) num Reem Acra, com um corte muito clássico, mas num branco puro com bordado a preto, que realmente me parece lindíssimo e lhe assentou que nem um luva.




...a bit more of skin

Três meninas que mostraram um bocadinho de pele a mais do que as restante mas que a meu ver conseguiram bons coordenados. São elas, Kate Mara em J.Mendel com um decote bem fundo, mas num vestido prata/pérola lindíssimo, que tem um toque super elegante pelo tecido semi-transparente plissado no fundo da saia. Seguidamente, Amber Heard em Atelier Versace, num azul profundo, brilhante e com uma racha gigante, que faz lembrar a racha usada pela Angelina Jolie aqui à uns anos que gerou um sem número de comentários. E finalmente, Elisabeth Moss que usou não um grande decote ou raca, mas sim uma transparência lindíssima,num vestido de pormenores vermelhos sobre fundo preto transparente, um vestido também de J.Mendel.



...keek it classy and classic

Quatro vestidos clássicos, desde o corte de sereia ao uso do eterno preto. A fabulosa Sofia Vergara já nos habituou a este tipo de vestidos, e este de Zac Posen com um colar turquesa foi sem dúvida um escolha segura. Já Jessica Chastain optou por um modelo mais justo, preto com bordado preto, uma cintura fina e volume extra ao nível da anca, uma aposta bonita mas simples de Givenchy. Monica Potter usou Romona Keveza num coordenado de preto e dourado, que apesar do brilho da parte superior, balançou com a sobriedade da saia, num vestido realmente bonito e que poderia ser facilmente ser considerado clássico e intemporal. E finalmente Emma Roberts in Lanvin, numa silhueta estreita e lindíssima, que quase me faz lembrar as actrizes da época do preto e branco de Hollywood, como a eterna Grace Kelly.



...British Class

As meninas e senhora britânica que mais admirei na passadeira vermelha. Começamos com a maravilhosa Emma Thompson in Lanvin, um senhora com os seus 54 anos mas que transpira elegância e sabe escolher a roupa para melhor tirar partido do seu corpo e idade. Seguidamente a querida Emilia Clarke em Proenza Schouler, num vestido rendado (mas um rendado diferente), numa cor super clara, num corte simples mas que resultou bastante be, afinal aquele sorriso lindo já serve bem de complemento. E finalmente a Branca de Neve..quero dizer a Michelle Dockery, num vestido que muitos não gostaram, porque acharam que toda ela ao ser já tão pálida, não deveria ter escolhido um vestido e sapatos tão claro, mas eu achei divinal e acho realmente que ela estava lindíssima neste Oscar de la Renta.



...mommy dearest

As duas mamãs mais lindas da passadeira. A minha adorada Olivia Wilde, num estonteante Gucci Première verde, coberto de lantejoulas e que deixou ver aquela barriguinha linda. E Kerry Washington com Balenciaga, feito à medida para uma mamã giríssima que está quase a dar a luz. Duas senhoras que mostram que gravidez não é sinónimo de falta de elegância, nem que a moda não nos pode acompanhar durante aqueles nove meses.



...risky risky

E para acabar os três conjuntos que me pareceram mais arriscados mas que no fundo conseguiram passar com distinção. Começamos com a adorada Emma Watson, que usou um conjunto de Dior Haute Couture, com calças, sim calças, algo que geralmente não se vê uma mulher usar numa passadeira vermelha tão importante, porém foi exactamente isto que me pareceu elevar o coordenado a um nível de elegância e sinceramente a Emma tem vindo cada vez mais a ser um fashion icon incontornável. A irreverente Jennifer Lawrence quase que passou despercebida, ou pelo menos ia para os favoritos, porque o vestido é simples, lindo e digno de uma princesa,mas aquela segunda faixa a cortar a anca, não me pareceu muito inteligente, apesar de não lhe ficar mal, sinceramente não sei aonde a casa Dior tinha a cabeça. E para culmatar Caitlin Fitzgerald com Emilia Wickstead, num vestido azul bebé, num tecido pouco usual (pesquisem a imagem em alta resolução) e para mais com uma meia gola alta, apesar de tudo eu gostei e achei-o realmente bonito, mas lá está, arriscado.

No comments

Post a Comment

© The Paper and Ink