SLIDER

JOANA CARDOSO


PORTO,PT
27 anos, plus-size blogger e fotógrafa

Moov


Hoje em dia viajar a qualquer capital ou cidade Europeia deixou de ser exclusivamente algo para se fazer em férias ou em sonhos e passou a ser uma realidade fácil de alcançar com as viagens quase ao preço da chuva de algumas companhias aéreas. Mas a verdade é que com cada viagem vem também os problemas de encontrar o local aonde ficar, e sejamos sinceros, eu sou muito picuinhas, muito mesmo.


Se por um lado não gosto de gastar uma fortuna, por outro não dou muita confiança a hostels e locais do género, a não ser que tenha realmente boas recomendações. Apesar de também gostar de alugar casa ou apartamento, a verdade é que se for para viajar apenas dois ou três dias não compensa, e muitos desses arrendamentos têm dias mínimos e assim sendo gosto de procurar e encontrar soluções que são em conta mas ao mesmo tempo me dão a garantia de um bom hotel sem ter de, propriamente, abrir os cordões a um hotel de 4 ou 5 estrelas (coisa com a qual não me importo nada desde e quando não me custe os olhos da cara).

Como sei que o Porto City Guide tem sido uma boa ajuda para muita gente que vem de fora visitar a minha tão bela cidade, decidi trazer-vos uma solução de estadia que junta o útil ao agradável, ou seja, é um hotel em conta, moderno, bonito, com óptimas condições, com óptimos acessos e bem perto do centro. Verdade é que existem dois, um bem no centro, e outro, sobre o qual vou falar, que fica a nem 10 minutos do centro da cidade através de Metro.


O Moov Porto Norte é o terceiro hotel da cadeia Moov, que começou em Évora e depois chegou ao Porto, com o Moov Porto Centro. Agora finalmente inaguraram o Moov Porto Norte, o primeiro hotel da cadeia construído de raiz e que fica literalmente ao lado do Centro Comercial NorteShopping e a uma caminhada de três minutos da estação de Metro das Sete Bicas.

Se quiserem localização super específica, então encontrarão o hotel em Matosinhos, mais propriamente na Rua Henrique Pousão. Para quem vem de carro o hotel é de acesso fácil, com auto-estradas e principais vias (VCI e Rotunda AEP) bem próximas, e ainda o Aeroporto a 15 minutos de carro (ou até mesmo de metro). Para além disso quem vem de carro tem a mais valia de o hotel ter um parque de estacionamento privativo.

A verdade é que o Moov Porto Centro foi criando antes deste para uma posta no turismo de lazer, enquanto que este, o Moov Porto Norte foi criado mais a pensar no turismo empresarial e nas estadias de 1 ou 2 noites de quem vem ao Porto em trabalho. Mesmo assim eu acho que é uma boa aposta para quem prefere fugir à azáfama do centro e mesmo assim ter acessos rápidos a todos os locais.





Podia falar do Porto Centro mas decidi falar do Porto Norte por ser o mais recente, o que foi construído de raiz e aquele que conheci pessoalmente.

É de facto um hotel com classificação de 2 estrelas mas que merecia bem mais porque consegue incorporar mais que alguns hotéis mais bem classificados no qual já me hospedei. Para além de moderno, actual e bonito, é também um hotel com uma política eco-friendly que conta com imensa eficiências energética e de poupança de recursos.

Não é um hotel de cinco estrelas com spa e champanhe, mas é uma óptima opção para uma rápida visita à cidade sem descurar os serviços essenciais de quem sabe bem hospedar. Recepção 24 horas por dia, limpeza diárias, parque privativo, wi-fi gratuito em todo o hotel e ainda pequeno-almoço buffet.

O hotel tem um preço fixo de 40€/noite (por quarto), e ainda são disponibilizados os serviços de buffer de pequeno-almoço por 5,95€/pessoa e estacionamento por 5€. 






1 comment

  1. Quando é barato e tem qualidade, não se pode pedir mais nada! c:
    Não pude deixar de reparar que o hotel é bastante parecido com os ibis

    xo, mrsokapi.blogspot.com <3

    ReplyDelete

© The Paper and Ink