SLIDER

JOANA CARDOSO


PORTO,PT
27 anos, plus-size blogger e fotógrafa

Travel Guides

Oscars 2016


Depois dos favoritos da Red Carpet há algumas horas agora é a altura de vos trazer a lista dos vencedores e os grandes momentos da noite, basicamente nada mais do que um resumo com opinião da Cerimónia 88 de entrega dos prémios da Academia.

Esta era a lista dos nomeados em todas as 24 categorias a concorrer.



Estas tinham sido as minhas apostas (a vermelho) e ainda os queridinhos (a cinza claro) que apesar de não serem as apostas eram aqueles que eu queria ver vencer em algumas categorias, coisa que acabou por me reservar algumas surpresas.


xxxxxxx

A CERIMÓNIA


Depois de no ano passado a cerimónia ter sido apresentada por Neil Patrick Harris (com uma audiência abaixo da média), este ano a honra foi dada a Chris Rock que conduziu todo o espectáculo em volta da polémica questão de este ano não existirem nomeados de cor negra (afro-americanos ou não), tema que a Academia decidiu pega com uma certa piada mas mesmo assim de um modo muito politicamente correcto, sendo que Chris Rock fez todo um longo monólogo inicial com brincadeiras relativas ao assunto.

Se muitos actores negros preferiram boicotar os Oscars e não aparecer, muitos decidiram dar a cara e não ter medo nem problema com isto, foi o caso de Whoopi Goldberg que entrou em vários dos sketches humorísticos apresentados durante a cerimónia,

Na grande maioria os vencedores eram já os esperados, começou logo com Alicia Vikander a receber a estatueta para Melhor Actriz Secundária, com a actuação no filme A Rapariga Dinamarquesa (The Dutch Girl). Já no lado masculino o Melhor Actor Secundário foi Mark Rylance com a performance no filme A Ponte dos Espiões (Bridge of Spies). Neste último caso havia também fortes apostas no Sylvester Stallone que foi nomeado precisamente 40 anos após o seu clássico Rocky,

A partir daí seguiram-se as categorias de efeitos, som e montagem, aonde Mad Max acabou a arrecadar para surpresa de todos 6 estatuetas, tornando-o assim o filme mais premiado do ano (Guarda-Roupa,Cenografia,Caracterização,Montagem,Edição de Som e Mistura de Som).

A seguir a Mad Max, foi O Renascido (The Revenant) que levou para casa 3 estatuetas, uma delas a mais aguardada da noite por toda a Internet. O filme levou para casa os Oscars de Melhor Fotografia, Melhor Realizador para Alejandro González Iñarritu (que leva a estatueta nesta categoria pelo segundo ano consecutivo) e finalmente o grande prémio que finalmente foi entregue a Leonardo Dicaprio como Melhor Actor Principal. A internet quase que morreu naquele instante e a sala levantou-se para aplaudir o homem que só à quinta nomeação conseguiu arrecadar o prémio. O ponto alto do seu discurso foi sem dúvida sobre as questões climatéricas que afectam o nosso planeta e que o preocupam profundamente.

Já a estatueta de melhor actriz foi para a minha aposta, Brie Larson, pelo papel desempenhado no filme Quarto (Room), uma escolha que não surpreendeu ninguém e foi merecida depois de já ter arrecadado os prémios em todas as outras entregas.



No caso das música originais, dos 5 nomeados presentes apenas 3 subiram ao palco, tendo sido eles Sam Smith com a música Writing's on The Wall do filme 007:Spectre, The Weekend com Earned It do 50 Sombras de Grey e ainda Lady Gaga com 'Till It Happens to You to documentário sobre abuso sexual The Hunting Ground. Para mim, apesar de ter apostado no Sam Smith, que acabou por levar a estatueta juntamente com Jimmy Napes com quem escreveu a música, a melhor actuação da noite foi sem dúvida a de Lady Gaga, um momento poderoso que me fez lembrar a actuação de John Legend e Common o ano passado com a performance de "Glory" (que acabou por levar o prémio).

Houve ainda a participação especial de David Grohl que interpretou a música "Blackbird" dos Beatles durante a homenagem a todos os que faleceram durante este último ano, incluíndo Alan Rickman, Leonard Nemoy, Christopher Lee e David Bowie.



A grande surpresa da noite veio mesmo no final, apresentado por Morgan Freeman (até o mesmo ficou surpreso), o prémio para Melhor Filme foi entregue ao Caso Spotlight (Spotlight). Esperava-se que o vencedor fosse O Renascido (The Revenant), o que tinha sido a minha aposta, mas foi a escolha do meu coração que levou a estatueta, com um filme inspirado em casos reais e na crua realidade dos escândalos de abusos sexuais cometidos dentro da igreja Católica.





Para mim a edição deste ano foi das mais políticas e controversas de sempre, com um grande foco nas acusações de racismo dentro da Academia e ainda todo o estigma em volta dos abusos sexuais e das vítimas que gera e que se calam com medo e vergonha, Não houve nenhum momento absolutamente chocante, o que muitas vezes se espera, mas as grandes vitórias da noite foram sem dúvida o Oscar para o Leonardo Dicaprio e a surpresa do Caso Spotlight ter levado o prémio de Melhor Filme.



xxxxxxx

OS VENCEDORES

1 comment

  1. continuo a achar que o leo ganhou com o filme errado e devia ter sido o eddie.
    adorei o chris rock !


    http://rrriotdontdiet.blogspot.pt/

    ReplyDelete

© The Paper and Ink • Theme by Maira G.