SLIDER

JOANA CARDOSO


PORTO,PT
27 anos, plus-size blogger e fotógrafa

Travel Guides

Parar, pensar e ser feliz


Não tenho andado muito pelo blog, a verdade tem de ser dita e hoje mesmo pedi desculpas por esse mesmo facto na página do Facebook. Para dizer verdade não é falta de motivação, nem falta de ideias, nada disso, apenas tenho tido falta de tempo (e com cansaço aliado) porque me tenho focado imenso no meu trabalho. É sobre isso que vou falar, entrar por um lado um pouco mais pessoal e um registo menos usual aqui no blog mas que sei que vocês merecem saber porque muitos desse lado me têm acompanhado e dado ainda mais força.

Muito de vocês sabem que ingressei em 2010 no curso de Artes Plásticas na Faculdade de Belas Artes da Universidade do Porto. Muitos sabem que se no princípio tudo era maravilhoso por ter entrado na faculdade que mais queria e aonde muitos nunca conseguem ser colocados, poucos sabem que os últimos anos foram penosos e acabei por não terminar o curso, sendo que de momento tenho a matrícula congelada por vontade própria.

Não vou falar muito sobre as razões que me levaram a tal, digo apenas que me desapontei muito com o que o curso e as pessoas envolvidas tinham para oferecer, e sou daquelas que não consegue acabar algo quando está desmotivada e se sente literalmente forçada a todos os dias sair da cama para ir para um local que a deixa deprimida e a sentir-se mal. Depois de cinco anos na faculdade (o curso é de quatro mas eu andei literalmente a arrastar) decidi parar, congelar e arregaçar as mangas.

Hoje em dia uma licenciatura não nos garante nada, na minha área mesmo os licenciados não encontram emprego, e se sempre tive aquela ideia de que tinha de ser uma licenciada à força toda, hoje percebo que talvez devesse ter apostado noutro caminho e ter sido mais feliz. Mesmo assim agradeço por tudo o que passei, bom e mau, pois trouxe-me até aqui.

Tive a sorte de pelo caminho me cruzar com pessoas maravilhosas e pessoas que acreditaram em mim, no meu potencial e me levaram "debaixo da asa" para eu sair do meu "mundinho" e conseguir finalmente "levantar voo".

A fotografia sempre foi uma paixão e foi muito cedo na faculdade que percebi que afinal era aquela paixão que eu queria seguir para o resto da vida. Acabei por passar de paixão a trabalho, mas é daqueles trabalhos que para mim é como se não fosse trabalho, não me pesa, não me cansa (mentalmente, porque fisicamente consegue ser desgastante) e faz-me feliz.

Já dei muitos passos em direcção a este sonho, fotografei parte do meu primeiro casamento em Março de 2014 e aí descobri o bichinho que fotografar casamentos é. Se antes só queria ser fotógrafa na área de moda e retrato, hoje me dia vejo-me a fazer casamentos para toda a vida se for preciso. Tive quem me agarrasse e me desse uma oportunidade, uma amiga que é mentora e que é uma das pessoas mais maravilhosas que a vida me trouxe (e a internet também, já lá vão 8 anos). Continuo a fotografar com ela, a aprender com ela, mas abri as minhas asas sem medo de voar sozinha e até agora não caí.

Ainda não dá para pagar as contas, fazer muito, mas devagar se vai ao longe e eu acredito que consigo e que posso. 

Isto tudo para dizer que por vezes só precisamos de parar, pensar e ser feliz, mesmo que para isso tenhamos de mudar tudo e cortar com certas coisas, pessoas e ideias.


6 comments

  1. Sem dúvida que parar e ponderar o nosso caminho é por vezes muito mais enriquecedor do que continuar ali em algo que não nos faz feliz... vá, acho que me entendes um pouco.
    Beijinhos e muita força porque eu sei que consegues ;)

    ReplyDelete
  2. Gostei tanto do que li! Infelizmente estou numa situação que por mais que queira mudar não posso :s
    Adorei a foto, tão linda *-*

    A RUIVA BLOG
    FACEBOOK
    INSTAGRAM

    ReplyDelete
  3. Fico tão feliz por ti, Joana! E fazes-me pensar que devia fazer mais por seguir os meus sonhos, but oh well, para já fico mesmo contente por ver-te a seguir os teus em grande! You go girl, não tenho dúvidas que o caminho será cheio de coisas boas!

    Jiji

    ReplyDelete
  4. A fotografia deste post ilustra mesmo o "virar", gostei muito e desejo-te as maiores das felicidades! A arte da fotografia ganha mais um talento!

    P.S.: Nao costumo comentar, mas costumo ler ;)

    ReplyDelete
  5. Opah que bom!! :D
    Gostava de ter tido essa coragem que tiveste. Andei três anos num curso que não me trouxe nada a nível profissional nem pessoal. Devia ter largado e ter corrido atrás do sonho como fizeste =)
    Continua a fazê-lo, porque não há melhor do que acordarmos todos os dias de manhã e podermos fazer aquilo que realmente gostamos.

    Beijinhos
    Kat
    http://6800milhas.blogspot.pt/

    ReplyDelete
  6. Nem imaginas como me revejo na tua história. Admiro imenso a tua coragem! Espero um dia conseguir ter a mesma força. *

    ReplyDelete

© The Paper and Ink