SLIDER

JOANA CARDOSO


PORTO,PT
27 anos, plus-size blogger e fotógrafa

Travel Guides

Taberna 15


Taberna 15 Menu, Reviews, Photos, Location and Info - Zomato

A convite da Zomato visitei o espaço Taberna 15, em Leça da Palmeira, na passada quarta-feira. Posso dizer que foi uma agradável surpresa da qual não estava nada à espera, primeiro porque não conhecia o espaço e segundo porque tinha já ouvido opiniões de todo o tipo. Tive a sorte de nesse dia apanhar uma bons raios de sol, o que foi crucial porque o espaço encontra-se numa rua pedonal e aonde toda a zona circundante está, por norma, bem lotada sendo que tive de parar um pouco longe (algo que no fim foi uma boa desculpa para começar a queimar tudo o que foi ingerido).




Fomos super bem recebidos, pediram-nos simpaticamente para aguardar um pouco e em poucos minutos indicaram-nos aquela que aconselharam ser uma boa mesa, bem no centro do restaurante, mesmo que este não tenha um espaço muito vasto,mas mesmo assim é muito confortável e bem conseguido,mas sobre isso falamos já de seguida.




O espaço em si é super giro, bem iluminado e com elementos vintage e alguns bem fora do comum, como um candeeiro feito de copos da Super Bock ou notas de escudo dependuradas. A minha parte favorita foi sem dúvida a prateleira repleta de câmaras antigas (ai que vontade de as trazer todas,mesmo tendo algumas iguais), e as famosas andorinhas na parede. Para além disso o pessoal é muito simpático, o espaço mesmo pequeno está bem conseguido, tem espaço para andar, é luminoso e muito limpo, ou seja, só pontos a favor.





Foi-nos então trazida e ementa, apresentando o conceito e depois a hora mais difícil chegou...a escolha.

Como éramos três a almoçar acabamos por pedir 6 tapas, bebidas e um cesto de pão (pão,broa e tostas). 
Não esperamos muito e as tapas foram sendo servidas, bem quentinhas e acabadas de confeccionar, havendo sempre muito cuidado na disposição e apresentação dos pratos.




Começamos com o chouriço assado, queimado na hora, que por si só é um espectáculo bem bonito e bem português. O chouriço era normal, nada de transcendente mas foi um bom começo de refeição.


Depois chegaram os camarões em tempura com molho agridoce. Posso dizer que foi uma das tapas que já ia escolhida previamente e não desapontou de todo. Vinham ainda bem quentes, a tempura era crocantes e muito boa e os camarões tinham um bom tamanho. O molho era óptimo e acompanhava super bem, mesmo que um pouquinho de nada picante (mas fui a única a queixar-se disso).



Chegaram então as batatas gratinadas com presunto e quase ao mesmo tempo uma tachinho de rojões. A batatas eram óptimas, bem gratinadas com bolho bechamel e tiras de presunto (um pouquinho de nada salgado mas contrastava bem com as batatas). Os rojões também óptimos e surpreendentemente nada secos (algo que valorizamos). É de notar que os rojões neste caso pareciam estufados e cheiravam bem a cominhos,o que foi uma surpresa mas que acabamos por gostar bastante.




Finalmente os folhados de alheira e as tapas de Francesinhas. Os primeiros eram bons, massa crocante,mas o recheio precisava de algo para balancear o sabor adocicado da alheira, mesmo assim é uma boa opção para quem gostar deste tipo de conjunção. As francesinhas não eram decepcionantes mas foram provavelmente a tapa que menos apreciamos. O bife era tenro, mas o pão era mole e precisava de ter sido previamente torrado para não ensopar tão facilmente. O molho não era nada de especial mas também não foi dos piores que já comi.



Posso dizer que 6 tapas foram mais do que muito para 3, mal conseguimos dar conta do recado mas comida boa nunca se desperdiça. 

No fim pedimos duas sobremesas. Um cheesecake de maracujá e um doce de oreo. Eu fiquei com o primeiro. 

O cheesecake vinha servido em copo e não em fatia, quase como uma versão desconstruída, mesmo assim foi óptimo para acabar a refeição e cortar um pouco com a acidez do maracujá. O cheesecake em si era bastante suave e agradável. A mousse de oreo fez sucesso com quem a comeu que a descreveu como super suave e nada pesada, com a dose de doce bem equilibrada.




Terminamos com café e uma cortesia por parte da casa, vinho do porto e aguardente caseira. Não sou muito de bebidas do género mas bebi um golinho de vinho do porto, doce e frutado, bastante agradável até.



No fim acabamos com uma conta que rondou os 10€ por pessoa, e comemos mais do que devíamos, ou seja é um bom sitio para voltar e repetir. Têm ainda menus do dia a 6€ (pelo que vi noutras mesas,eram muito bem servidos) e ainda jantares de grupo com vários menus.

Obrigada à Zomato pelo convite e ao Taberna 15 pelo modo como nos recebeu e a comida fantástica.


4 comments

  1. Que fotos deliciosas. Parei ali nos camarões com molho agridoce. :)

    ReplyDelete
  2. o espaço parece super giro :)
    quanto à comida, já não sei se é bom local para mim, parece ser tudo à base de carnes...

    ReplyDelete
  3. Meu deus, que sítio lindoooo! E tem tudo tão bom aspeto ^_^

    ReplyDelete
  4. Mas que bonito e acolhedor. As fotografias da comida estão um mimo! Que fome que me dá, haha.

    Um beijinho
    Ana C, www.adreamersland.com
    www.facebook.com/adreamersland

    ReplyDelete

© The Paper and Ink