SLIDER

JOANA CARDOSO


PORTO,PT
27 anos, plus-size blogger e fotógrafa

É o teu dia, mãe!


Ela lê o blog, ao contrário dele que o diz não fazer, portanto sei que de uma maneira ou outra ela estava à espera desta publicação e que vai comentar aqui ou vir dizer-me algo que eu vou fazer de conta que não me deixa toda lamechas do género "amo-te muito". Eu também a amo muito, mesmo que não tenha tendência a dizer muito isso com palavras, preferindo a força dos actos. Porém hoje o dia é dela e ela também merece o seu espacinho aqui no blog.

Eu e ela partilhamos mais para além de sermos mulheres, temos muita coisa em comum mas que também faz com que muitas vezes entremos em conflito, nomeadamente o facto de sermos teimosas e casmurras e termos de levar sempre a nossa avante. Não é de todo mau, isso leva-nos a querer sempre mais e melhor, fazer por conseguir mais ainda, mas por vezes o conflito acaba por acontecer mas lá nos entendemos e depois de andar "às turras" lá voltamos à mesma cumplicidade de mãe e filha.



Ela é loira, de dentes direitinhos, pés de bailarina e bonita, ela até pode dizer que não mas é assim que eu a vejo. Mais do que o exterior tenho uma mãe forte, destemida e que faz das tripas coração, que enfrenta ventos, marés e monstros adamastores e que faz parecer tudo fácil mesmo que não o seja.

Em termos de gosto não sei se temos tanto assim em comum mas acho que herdei dela aquele gostinho pela cozinha apesar de ela dizer que não adora. Mesmo assim foi com ela que entrei no mundo das cozinhas, dos cozinhados, de umas das minhas maiores paixões.

Ela é a minha maior fã e se eu fosse uma cantora a actuar no Coliseu do Porto ela ia ser a primeira na fila com um grande cartaz. Ela acredita em mim mesmo quando eu não acredito, ela sente o que por vezes eu não me deixo sentir e sabe coisas que eu só mais tarde descubro e que na altura certa não lhe dei razão. Ela é mãe e mãe que é mãe sabe as coisas sem precisar que nos digamos algo.


Para acabar sei que há algo que herdei dela: o gosto por viajar, correr mundo, conhecer sítios. Por nós andávamos as duas de malas às costas a fazer das viagens profissão...pelo menos durante algum tempo porque outra ponto em comum é o quando prezamos a nossa vida familiar e estarmos juntos em casa.

Que eu seja metade da mãe que ela é, um dia, não peço mais nada na vida.

5 comments

  1. Joana, que homenagem perfeita! A tua mãe é linda!

    THE PINK ELEPHANT SHOE // INSTAGRAM //

    ReplyDelete
  2. Que lindas palavras! :)

    Um beijinho,
    Mónica Rodrigues dos Santos
    http://cupcakewomen.blogspot.pt/

    ReplyDelete
  3. Que todos os dias sejam dia da Mãe!


    Isabel Sá
    Brilhos da Moda

    ReplyDelete
  4. Que homenagem bonita! Com certeza sente um orgulho enorme :)

    ReplyDelete
  5. Joana, como dizes e muito bem, de vez em quando lá ando eu, aqui a espiolhar o teu blog, hoje fiquei sem palavras e sabes que não é fácil deixar-me sem elas.
    O único que me ocorre é dizer-te, amo-te muito e cada vez mais mais, para além de te admirar e respeitar como mulher e filha. Deixaste-me os olhos rasos de água, obrigada pela pessoa e filha que és.
    Quando o meu dia chegar, quero que me recordem assim com os meus defeitos e virtudes e sobretudo, com os bons momentos que partilhamos, riam ao relembrar alguns momentos, não chorem,não poderia ter sido mais abençoada com os filhos que tenho, amo-vos muito. P.S. And be happy.

    ReplyDelete

© The Paper and Ink