SLIDER

JOANA CARDOSO


PORTO,PT
27 anos, plus-size blogger e fotógrafa

Itália #01


Bem, vamos começar devagar devagarinho, afinal há muito a mostrar, as pastas com imagens são várias, as ideias estão aqui todas na cabeça mas tem faltado o tempo para escrever e o espaço na agenda para encaixar as publicações de uma das viagens mais maravilhosas que já fiz.


O primeiro dia foi feito de muita viagem. Um dia que começou para mim no Sábado de manhã, em que fui fotografar um casamento e voltei para casa quase às 3 do dia seguinte, tomei banho, vesti-me e rumei de directa para o aeroporto. Sim, a semana antes da viagem, e a da viagem em si, foram talvez das mais loucas e atarefadas que já tive mas tudo vale a pena para ir a um dos países que mais queria conhecer.

Voamos para Itália pela Ryanair, cedinho a um Domingo. Fomos do Porto a Milão, mais propriamente ao aeroporto de Milano Malpensa. Vimos o nascer do dia lá do alto, sobrevoamos os Alpes com céu limpo e aterramos em Itália com sol.

Se meses antes tínhamos planeado passar 6 dias em Milão decidimos, depois de ler muitos guias, que o melhor era viajar mais um bocadinho e mesmo que tenhamos aterrado naquele dia em Malpensa, alugamos um carro e fomos directos  a Veneza.

Honestamente nunca tive Veneza nos planos, nunca me chamou a atenção, para mim era daqueles destinos do género "ok, podemos ir mas não é por minha vontade expressa". No próximo post vão perceber o quanto essa visão mudou e por vezes irmos a um local sem expectativas torna tudo muito melhor.


Mas bem, demoramos um bocadinho a levantar o carro, isto porque marcamos mal a hora e tivemos de fazer tempo entre a chegada a Malpensa e a hora a que podíamos levantar o carro. Tirando isso correu tudo super bem e antes da hora de almoço já estamos a caminho de Veneza, que fica a cerca de 300km de Milão.

Obviamente que fomos guiados pelo GPS, e muito bem, porém decidimos - quando a fome já apertava - fazer um pequeno desvio até ao maior lago de Itália, o Lago di Garda. Na verdade só deu para almoçar e dar uma vista pelo lago, uma vez que começou a chover, o local tem imensos visitantes tornando-se o horror para parar e também porque queríamos chegar ao nosso destino antes de anoitecer com esperança de aproveitar um pouco o dia.


O almoço foi delicioso, comi uma massa maravilhosa, daquelas que resume bem as ideias que temos da cozinha Italiana. Depois disso pedi só para pararmos dois segundos para poder tirar duas fotos rápidas que não ficaram nem próximas do que eu esperava mas mesmo assim ilustram a grandiosidade do Lago.


Seguimos para Veneza, e pelo caminho apanhamos uma chuva que teimou em não passar. Na verdade ficamos alojados em "terra", logo nas imediações de Veneza, em Marghera. Ficamos no Camping Village Jolly, onde não só existe campismo como existem casinhas e quartos. Ficamos num desses chalés nos dois dias que passamos na região. Não são grandes, nem luxusos, mas eram super limpos, serviram para o que por lá fizermos - basicamente foi só para dormir e tomar banho - e todas as pessoas nas instalações eram super acessíveis. Para além disso o próprio camping tem um autocarro que vai directo para Veneza com viagens de ida e volta a 5€.


Com a chuva sem passar a cair cada vez mais forte decidimos esquecer a ida a Veneza naquela noite e preferimos acordar cedo no dia seguinte para aproveitar o dia ao máximo. Mesmo assim demos um saltinho ao Nave de Vero, um centro comercial gigante no qual jantamos e demos umas voltas. Se há coisa que gosto é de ir espreitar supermercados noutros países e ainda lojas que por cá não haja. Basicamente gosto de ver tudo, o que é diferente ou igual e ver em que pontos as nossas culturas se cruzam. Para mim a maior felicidade prendeu-se logo com o facto de qualquer animal poder entrar no shopping e nas lojas. Vi dezenas de cães, super bem comportados - acredito que seja uma questão de hábito - em todas as zonas dos shoppings, até na própria loja da Apple e na Zara. Não vi um único cão a incomodar alguém e o civismo dos donos vê-se logo por aí. Lá nisso, nos direitos dos animais e espaços para eles, Itália deixou-me de coração cheio.

Nessa noite optamos por algo nada italiano e jantamos hamburguers numa cadeia de restaurantes chamada Old Wild West, no qual é recriado todo um ambiente ao estilo filme de cowboys americano. Adorei a gamela gigante na entrada com amendoins, onde podemos ir buscar as vezes que quisermos para ir petiscando enquanto escolhemos e esperamos. O meuu é enorme e foi difícil escolher para optei no fim por um hamburguer de frango que estava maravilhoso, com umas batatas com queijo que pedimos para dividir. Se têm fome o sítio é fabuloso porque as porções são enormes.


No fim de tudo voltamos ao Camping Village Joy e fomos dormir cedo, eu especialmente cansada com uma directa de Sábado para Domingo e no dia seguinte fomos aproveitar Veneza ao máximo.

5 comments

  1. Uma das minhas viagens de sonho. Vou estar atenta ao teu diário de viagem! Já me fiquei aqui a deliciar com a paparoca!

    THE PINK ELEPHANT SHOE

    ReplyDelete
  2. Itália é o meu destino de sonho! O qual ainda não foi possível concretizar, mas um dia quem sabe!
    Adorei o post e todas as fotografias, tens imenso jeito tanto para a escrita como para a fotografia, estou ansiosa por saber mais e mais.

    Beijinhos

    theblognamelesswriter.blogspot.pt

    ReplyDelete
  3. Adoraria poder ir um dia também a Itália parece ser lindo de morrer! BJ

    ❤❤❤❤❤❤❤❤❤❤
    Meu cantinho Lusitana❤Blog

    ReplyDelete
  4. Itália é o meu pais favorito, por isso, vou ficar a aguardar o resto dos posts :)
    E essas fotos da comida deixaram-me a babar! ahah

    beijinhos
    The Midnight Effect / Instagram

    ReplyDelete
  5. Despertas-te o bichinho de viajar que estava adormecido!!
    Beijinho,
    Vou de Saltos

    ReplyDelete

© The Paper and Ink