SLIDER

JOANA CARDOSO


PORTO,PT
27 anos, plus-size blogger e fotógrafa

Itália #5



Última e mais curta publicação do dia em Veneza. Chegamos finalmente ao fim do dia e com a noite cerrada Veneza é uma cidade escura, misterioso e pode chegar até a ser um pouco assustadora. Assim sendo as fotos foram poucas mas mostram um pouco mais da cidade e uma das zonas que não tínhamos visitado durante o dia.


Depois de Rialto ao pôr-do-sol acabamos por ir até San Marco, agora já quase sem luz, sem grande confusão e com mais silêncio. A praça e tudo o que a rodeia é, durante a noite, bem iluminado, por dezenas de candeeiros de rua que se sucedem quase às centenas até à beira mar, ou neste caso dizendo, até à margem do Grande Canal.

Foi aqui que viramos à direita. Se mais cedo nesse dia tínhamos seguido para a esquerda, para Castello e pela Ponte dos Suspiros, agora viramos à direita em direcção a Dorsoduro. Foi antes de lá chegarmos e que ao lado do Ex Giardini Reali vimos a alguma distância a famosa Basília de Santa Maria della Salute. Seguindo por aí fora e chegando a um estreitamento da Piazza San Marco começamos a encontrar todas as marcas de luxo, fechadas - ainda bem ou eu ainda cometia alguma loucura - mas com montras bem iluminadas, lindas e que me fizeram, claro, babar por tudo.

A Piazza e as boutiques de luxo seguem pela Salita S.Moise, onde fica a Chiesa de San Moisé e atravessando uma pequena ponte chegamos à Calle Larga XXII Marzo. Acabamos por seguir sem noção por mais algum tempo, encontramos uma loja que tinha visto num guia, na qual se vendem pigmentos puros para pintura - perdição também - e acabamos por mais à frente voltar para trás, já meios perdidos.


Finalmente encontramos, já depois de passar Rialto de volta a San Polo, um local para jantar antes de partirmos. Honestamente não fixei o nome do restaurante e nem as imagens com coordenadas GPS no meu iPhone conseguem salvar a minha falta de memória. Mesmo assim comemos bem mas deixo aqui a uma nota, atentem sempre que Veneza tem taxas extras pagas juntamente com a conta, para além do comum IVA dos produtos, e que costuma ronda os 13% sobre o total da conta. No fim, as contas podem ser um bocadinho bem mais altas do que se espera portanto cuidado na hora de pedirem tudo o que vos aparece na lista.

Acabamos por voltar ao nosso local de partida inicial e regressar de autocarro até ao local onde tínhamos deixado o carro. Deixamos Veneza para trás com um sorriso no rosto e realmente felizes com a nossa visita desfrutada ao máximo.



Todas as fotos de Veneza aqui.

1 comment

  1. Ai essa sobremesa tem um aspecto...maravilhoso!

    Another Lovely Blog!, http://letrad.blogspot.pt/

    ReplyDelete

© The Paper and Ink