SLIDER

JOANA CARDOSO


PORTO,PT
27 anos, plus-size blogger e fotógrafa

UD XX Vice LTD Reloaded



Esta publicação demorou meses mas decidi que era altura mais que devida de falar sobre esta paleta com muita história. A verdade é que já a não encontram à venda por cá, mas que mesmo assim eu aconselho a comprarem caso a encontrem e tenham possibilidade de lhe deitar a mão porque vai valer muito a pena. Juro que a história tem piada, a paleta compensa e vocês vão rir tanto como eu.




Pois bem, acho que a melhor parte é mesmo a história e vou começar por aí mesmo. Então estava eu em Madrid - no final de Junho, lembram-se? - e lá pelas Portas do Sol havia uma Sephora em stock-off, ist porque os senhores tinham aberto uma nova loja do outro lado da rua e em vez de mudar o stock todo decidiram por bem vender as coisas ao desbarato. No primeiro dia por Madrid entrei lá, cheia de esperanças mas saí de mãos a abanar. A maioria eram coisas que não me interessavam e a maior parte da loja eram produtos de marca própria ao estilo pague 3 e leve outros 3.

Não me chateou nem um pouco, assim não gastava dinheiro e poupava para outras coisas. Como as Portas do Sol ficavam a escassos metros do nosso hotel passar lá era algo que acontecia umas três vezes ao dia, nada demais. No segundo dia foi levada a entrar de novo, um bocado contra a minha vontade, mas a minha mãe queria ir deitar o olho de novo. Meus amores, eu vi aquela paleta sozinha, na estante, marcada a 21€. VINTE E UM EUROS!!! Eu corri, deitei-lhe a mão e ao lado tinha uma espanhola a mandar vir porque a tinha visto primeiro. Vocês sabem que eu sou tripeira e bem tripeira, não me coíbo de mandar pessoas a certo sítio e o meu espanhol é suficiente para o fazer, mas olhei-a de cima a baixo e só lhe disse "você viu, eu peguei." 

Agarrei na dita e fui para a caixa. Uma paleta da Urban Decay com 20 sombras a 21€? Eu quis lá saber que cores eram, eu naquele momento deixei o raciocínio do lado de fora da Sephora. Cheguei ao hotel e dou de caras com esta beleza, um mix de cores lindas que dão para o dia-a-dia e para saídas mais arrojadas. Tirei fotos ali mesmo porque queria meter o dedinho nas sombras todas e desde então que estas fotos têm estado guardadas.

Levei com a fúria amorosa das amigas em Portugal por ter conseguido uma paleta destas a este preço, e ainda voltei à Sephora mas aquela tinha sido mesmo filha única.



Pois bem, a UD XX Vice LTD Reloaded foi uma edição limitada lançada em 2016 para marcar os 20 anos da existência da marca. A paleta em si é um misto de tons mate e brilhantes, que são uma selecção de algumas das sombras mais famosas da marca, de tons mais antigos - como o Acid Rain ou Gash, que eu amo de paixão - até aos tons que ainda existem nas paletas mais actuais - como o Smog da Naked - e é mesmo uma combinação fantástica de vinte tons que dão para centenas de combinações.




Todas as sombras são bem pigmentadas e duram bem na pálpebra sem precisam, na maioria, da ajuda extra de um primer. É claro que dependendo daquilo que façam, e quer carreguem mais ou menos na maquilhagem, o poder de cada sombra vai sempre ser proporcional à maneira como a aplicam. Neste caso nem fiz swatches porque a excitação era tanta que nem me lembrei. Posso dizer porém que tenho tido esta paleta a uso desde que a comprei e mesmo sendo grandinha ela tem um espelho enorme que é uma mais valia para quando a levo de viagem comigo.

Alguns dos tons só mostram a sua verdadeira potencialidade quando os testamos, tons que nos deixam de queixo caído mas que na paleta não têm aquele impacto que têm na pele. É o caso do Roadstripe - uma sombra iridescente branca com tons de violeta/azul - a Goldmine - um dourado, mesmo cor de ouro, altamente metálico - ou ainda a Gash - um vermelho metálico mas super poderoso. 

Se no dia-a-dia ando sempre de volta da Anonymous, Laced e Suspended, há dias em que a conjugação da Hot Pants, Gash e Roastripe são as vencedoras. Agora no Natal ando a deitar o olho da Goldmine, na Mildew e até na Oil Slick, mas na verdade todas as sombras têm um poder incrível. Apenas noto que algumas delas, especialmente as mates como a Anonymous são um bocadinho poeirentas mas mesmo assim têm uma pigmentação muito boa.

Como vos disse esta paleta foi uma edição limitada, sendo que só a apanham com muita sorte, ou por exemplo no site da Urban Decay Britânica, mas se poderem comprem-na porque para mim é mesmo daquelas paletas que serve todos os momentos e que completa super bem uma colecção. Claro que eu sou suspeita porque a UD é mesmo a minha marca favorita no que toca a sombras e poucas marcas uso desde há meses.

Só não sou a maior fã do packaging, o preto marca muito facilmente com qualquer dedada e acabamos por andar sempre a limpar ou deixamos que fique feio porque cansa vê-la sempre com uma marquinha aqui ou acolá. Mesmo assim é bem resistente, óptima até para ir de viagem, tem aquele espelho maravilha e ainda um pincel de oferta de ponta dupla, que é sempre algo que adoro receber.

3 comments

  1. uau, adoro, adoro e ADORO!
    É, de facto, maravilhosa.
    xo, Ana Rita Leite
    WHITE DAISY

    ReplyDelete
  2. Também quero babe! Por 21 euros, foi uma óptima compra! As cores são lindas!

    THE PINK ELEPHANT SHOE

    ReplyDelete

© The Paper and Ink