SLIDER

Olá, eu sou a Joana - a cara por detrás do The Paper and Ink. Vinte e muitos anos, natural e residente da belíssima cidade do Porto, sou uma fotógrafa e blogger que em 2009 criou este espaço em busca de uma maneira de dar a conhecer ao mundo a minha voz, as minhas ideias e paixões. O TPI é um lifestyle blog, ou seja, é um pouco de tudo o que marca a minha vida, me apaixona e que acredito ser importante partilhar.


Ben&Anna



Hoje falamos sobre um assunto cheiroso...perdoem-me a piada mas tinha mesmo de ser, é Segunda e hoje todos precisamos de uma boa dose de humor para encarar mais uma semana. Bem, o assunto de hoje tem a ver com cheiros mas especialmente tem a ver com higiene e cuidado corporal e com encontrar produtos anos depois de ser perder a esperança.

Não sou das pessoas que fica horrivelmente suada, a não ser que falemos de intensa actividade física ou um dia de Verão de calor extremo. Na verdade conforme os anos foram passando o meu nível de suor tem vindo a diminuir, mas acho que a adolescência é uma fase complicada em muita coisa para muita gente. Foi na adolescência que comecei a usar Rexona e passado mais de uma década sou fiel a duas ou três gamas da marca.

No passado tentei mudar de marca, procurar alternativas até na farmácia, mas nada resultava. Não ficava a suar mas ao fim de umas seis horas começava a deitar um odor estranho, assim menos agradável e que me deixava muito constrangida. Experimentei desodorizantes de gamas de 1€ até gamas de 15€ e nada resultava a não ser o meu Rexona, que chatice das chatices às vezes estava esgotado e me obrigada a fazer stock quando havia.


Quando recebi este desodorizante, o Ben&Anna Pink Grapefruit, em stick - diga-se que toda a vida usei roll-on porque nem os sprays da marca do costume funcionavam em mim - fiquei a pensar que ia testar e ia ser mais um para encostar. Fiquei chateada porque era prático para viajar por ser sólido, em stick, tinha e tem um cheiro super agradável a toranja, muito leve e discreto, e achei que ia durar uma eternidade. Para além disso é mais natural que o meu habitual, menos coisas lá metidas, não tem alumínio na composição. É vegan, é cruelty free, tem manteiga de karité para manter as axilas hidratadas - as minhas bem precisam -  tudo de bom que eu tinha medo de não resultar.

Armada em esperta levei o dito comigo para Itália, deixei o outro em casa e já na viagem começou a crescer em mim aquele sentimento de ansiedade, que aquilo ia correr mal. Meus amigos, estava enganada. Encontrei uma alternativa que funciona, isso ou as minhas glândulas andam a portar-te tão bem que para além de pouco suor deitam zero cheiro. Eu não sei, só sei que funciona, que gosto dele, que é hidratante e protector, que cumpre a sua função e que ainda está quase novo depois de tempos a usá-lo.

Ele não é propriamente barato, custa 7,50€ fora os portes na Vita33, mas vale a pena, dura imenso e é tudo de bom como vos contei. Para além disso a marca tem outros aromas para quem gosta de escolher ou que como eu é esquisito e quer algo diferente. É unissexo portanto podem partilhar caso seja necessário...mas acho que não o vão querer fazer.



O produto foi enviado pela Vita33. As opiniões expressas são pessoais e imparciais.

No comments

Post a Comment

© The Paper and Ink