SLIDER

Olá, eu sou a Joana - a cara por detrás do The Paper and Ink. Vinte e muitos anos, natural e residente da belíssima cidade do Porto, sou uma fotógrafa e blogger que em 2009 criou este espaço em busca de uma maneira de dar a conhecer ao mundo a minha voz, as minhas ideias e paixões. O TPI é um lifestyle blog, ou seja, é um pouco de tudo o que marca a minha vida, me apaixona e que acredito ser importante partilhar.


31.1.18

The Life Changing Magic of...



Acabamos este mês de Janeiro com uma review literária porque afinal a leitura é uma parte tão marcante da minha vida que só fazia sentido começar a falar mais sobre os livros que leio e ir dando algumas ideias de leituras que podem também querer integrar nas vossas listas.
2 comments

29.1.18

Eu nem sou de rosas


Rosas, assim no seu tom mais forte e garrido, não é cor que me desperte suspiros, nem vontade de usar, mas claro que quando é para experimentar algo que queria faz muito tempo, eu estou lá na primeira fila. Se os Velvet Matte Lip Pencil da Nars me andavam a despertar desejos, com o Cruella no topo da lista, foi o Let's Go Crazy que começou a colecção.
No comments

28.1.18

Instagram 101



Se há coisa que prezo, mais ou menos bem, é de ter um Instagram activo e com um feed que é visualmente agradável. Posso não ser das pessoas com o maior número de seguidores, não ser uma estrela em rápida ascensão mas sei o que faço e como tenho tido tanta gente a perguntar sobre este e aquele detalhe, da edição às partes escritas, decidi que era uma boa ideia dar-vos uma ideia de como eu costumo fazer as coisas.
6 comments

27.1.18

Alpes #1


Bem, achei por bem começar já este fim-de-semana com as publicações sobre a minha primeira viagem do ano. Apesar de dar o nome de "Alpes" a esta série de publicações,  a verdade é que visitei e passei também por zonas não Alpinas mas bem próximas das mesmas. Assim sendo e sabendo que fiquei alojada numa zona dos Alpes decidi que este era o título certo.

O que importa mesmo são as imensas fotos que há para mostrar, as que vão por aqui aparecer as outras tantas que irão acabar num qualquer álbum no Flickr para no final poderem ver tudo. Foram seis dias maravilhosos mas também com muitas peripécias, umas menos maravilhosas que outras, mas todas elas dignas de histórias para mais tarde serem contadas. Quem subscreve a nossa newsletter - podem fazer o mesmo ali ao lado no barra lateral - já leu algumas coisas do que por lá aconteceram e enviaram-me até uns e-mails muito carinhosos, que agradeço de todo o coração.



Primeiro dia, aterrados em Milão de onde partimos para a nossa aventura. Milão era o aeroporto mais próximo e com preços de viagens mais atractivas. Como a partir dali era fácil alugar um carro para ir para onde queríamos fizemos a viagem até ao Norte de Itália e dali os cerca de 500km que nos separavam do nosso destino no norte da área do Tirol Austríaco, onde íamos ficar alojados na pequeníssima localidade de Hinterthiersee.


Claro que o primeiro dia foi todo dedicado a viajar mas nem isso significou uma escassez de fotos, com a paisagem em constante mudança, e aproveitando o tecto panorâmico do carro que alugamos, passei a viagem toda a fotografar, deste os Alpes Italianos, por toda a zona do Tirol e Alpes Austríacos até chegarmos à nossa "casa" durante a nossa viagem.

Quanto à viagem há de facto mais a mostrar do que dizer portanto as fotos são mais do que as palavras. Mesmo assim, como chegamos à noite e ainda tínhamos de jantar algo e os supermercados estavam já todos fechados, fomos de Hinterthiersee a Kufstein e vimos um pouco da cidade, mesmo que de noite e jantamos num restaurante maravilhoso na Römerhofgasse, provavelmente a rua mais pitoresca da cidade de Kufstein.


Escolhemos o restaurante Auracher Löchl - que tem hoje em dia um hotel e um famoso bar - que existe desde 1428, sendo uma taberna com quase 600 anos. A comida é maravilhosa, há bifes e comida típica austríaca, as sugestões são dadas com imensa simpatia e só posso dizer que as porções são gigantes e davam bem para duas pessoas...coisa que não sabíamos antes de pedir.

As escolhas, schnitzel de vitela e de frango à moda de Viena - este último para mim - servido com batata frita para todos excepto para mim, já que pedi a salada de batata avinagrada e deliciosa. Todos os pratos traziam duas peças de carne enormes e servidas com um frasquinho de compota de arando.

O bar, Stollen 1030, onde apenas passamos por curiosidade, detém o recorde do Guinness por terem mais de 520 variedade de gin a serem comercializados num único espaço - número que entretanto cresceu - o que faz com muita da decoração seja à base de garrafas, num ambiente que lembra caves misturadas com luxos decadentes.


Passeamos um pouco pela zona, para nos habituarmos ao frio, queimarmos o jantar gigante e vermos um pouco. Passámos de carro por esta zona todos os dias ao sair e regressar a "casa" mas não voltamos a visitar, sendo que tudo o que vimos foi nesta noite.


1 comment

26.1.18

Dualidade



Quem me conhece bem não estranha em nada ver-me assim, casaco de cabedal, botins rasos, collants opacos e um vestidinho. Para mim aquela conjugação perfeita entra o preppy e o rock'n roll é dos estilos que mais gosto de usar, mesmo que não todos os dias e que me dá uma garra descomunal ao mesmo tempo que me sinto super feminina. 

2 comments
© The Paper and Ink