SLIDER

Olá, eu sou a Joana - a cara por detrás do The Paper and Ink. Vinte e muitos anos, natural e residente da belíssima cidade do Porto, sou uma fotógrafa e blogger que em 2009 criou este espaço em busca de uma maneira de dar a conhecer ao mundo a minha voz, as minhas ideias e paixões. O TPI é um lifestyle blog, ou seja, é um pouco de tudo o que marca a minha vida, me apaixona e que acredito ser importante partilhar.


Peniche



A viagem de hoje aconteceu já há coisa de ano e meio. Claro que no entretanto as fotos ficaram guardadas, quase esquecidas, afinal foi uma passagem rápida com um almoço maravilhoso, mas que não rendeu tantas fotos quantas eu costumo por aqui mostrar. Mesmo assim, como acredito que relembrar mesmo as visitas mais rápidas é algo que devemos fazer, hoje trago-vos algumas horas passadas por Peniche, num dia bastante cinzento e extremamente ventoso.

Peniche é uma daquelas cidades à beira-mar, não muito grande, mas que vive e respira mar, atraindo quem a visita por isso mesmo. É em especial na Península de Peniche, por onde andei, que se encontra o maior concentração de visitantes, em especial pelo Cabo Carvoeiro e por ser o ponto de ligação às famosas Berlengas. As falésias de calcário onde o mar bate com força em dias mais agitados, como aquele no qual visitei esta pequena cidade, proporcionam um local de visita maravilhoso.


Passeamos pelas zonas seguras das falésias, apreciamos a fúria do mar com o cheiro a sal no ar e no vento forte e acabamos por escolher um local para almoçar que tão bem representa a ligação o facto de esta ser uma cidade piscatória. 

A Tasca do Joel - que nada de tasca tem - é um local maravilhoso, muito concorrido e conhecido, que tem um restaurante e uma área gourmet que faz a delícia, de quem como eu, adora comprar condimentos, ervas, compotas, chás, queijos e tanto mais.


Andei por lá um bocadinho antes de conseguirmos uma mesa para almoçar. O sítio estava mesmo cheio, mesmo a meio da semana mas valeu a espera. Pedimos várias coisas, especialmente as especialidades da casa: peixe e marisco. Comemos uma lagosta maravilhosa, com manteiga de ervas, com uma carne super tenra, as marcas da grelha e aquele sabor a mar perfeito. Depois tivemos as belas pataniscas, a alheira para quebrar os pedidos de peixe e ainda um bacalhau com natas.

Posso dizer que ficamos satisfeitos, comida boa, um bom vinho, tudo bem confeccionado, mas como somos lambareiros ainda deixamos espaço para a sobremesa e lá veio uma mousse e uma tarte de limão merengada.

Os preços estão ali no médio, dependendo das escolhas já que o marisco pode ficar caro, e mesmo que a espera por uma mesa possa fazer alguns desistir, posso dizer que vale realmente a pena.

Saímos do almoço de barriga cheia e com promessa de chuva decidimos seguir viagem, deixando para trás Peniche e umas horas bem passadas.

2 comments

  1. Fizeste muito bem em partilhar. Fotografias tão bonitas não deveriam ficar esquecidas :)

    ReplyDelete
  2. Gosto sempre tanto, mas tanto das tuas fotografias! Transportam-nos para os lugares e viagens de uma maneira tão bonita, esta não foi exceção!

    Beijinhos!
    MESSY GAZING

    ReplyDelete

© The Paper and Ink