Not Dorothy's red shoes


Hello,lovelies!

Venho então mostrar-vos a minha mais recente e até agora única aquisição em época de saldos. Por norma não entro na Marypaz, acho a loja um tanto ou quanto fora do meu estilo, mas claro que há sempre uma ou outra expecção e ao ver estes slippers na zona da montra encontrei a tal expecção de que vos falei.

Andava há meses a dar em louca para ter uns slippers, adorava os da Zara mas esperei que estes entrassem em época de Saldos e foi, muito claramente, um erro crasso. A Zara em tempo de saldos é um dos piores sítios que conheco, pelo menos aqui no Porto, em que cada loja se torna numa verdadeira selva, com roupa rasgada, esfiapada, tudo ao monte e por todo o lado, detesto desorganização e só de ver aquilo tudo dá-me quase um ataque, portanto não consegui o que queria.

Depois de dias e dias a pensar ontem decidi ir à Marypaz, pedi o meu número, experimentei os slippers e adorei como eles assentavam. Conclusão, trouxe-os comigo e por enquanto não estou nada arrependida.

_______

I now come to show my latest and so far only purchase that i did during the short period of sales (that started on the 28th). Usually i do not go to Marypaz, mostly because their shoes do not really fit my every day style, but to every case there is an exception and this shoes that i saw for the first time nearly a week ago, were my exception to enter the store.

I had been searching for the right pair of slippers for months now, Zara had this perfect pairs but i decided to wait for sales time, which i can tell you was one of the biggest mistakes i could have done. During sales time Zara is nothing but a jungle, clothes are torn apart (literally), frayed, everything looks like a mess and clothes pile up everywhere, and knowing how much i hate disorganization i nearly have an insanity attack every time i set foot there.

After several days of pondering my option of either or not get this slippers i finally decided to go and get them, so yesterday i entered Marypaz, asked for my size, tried them on and love how they fit. In conclusion, i brought them home with me and so far i do not regret it at all.






Joana, 28 anos e natural da cidade do Porto. 
Sou uma fotógrafa de profissão, louca por viagens e sempre com demasiadas opiniões para dar. 
Este é o meu blog no qual escrevo desde 2009 e ele já mudou tanto quanto eu mudei ao longo destes últimos, quase, 10 anos.

INSTAGRAM