Talvez um dia...



Não há de facto ainda planos para voar para fora do ninho, mas mesmo assim sonhar não custa e pensar e planear o dia de amanhã também não. Mesmo numa casa pequena podemos, de um modo minimalista, dar toques especiais e que tornam o nosso espaço num local único, aconchegante e aonde o dia-a-dia se alia aos bons momentos e memórias. 

Os apontamentos de cor apesar de escassos dão sempre o seu ar de graça, mas o que mais me apaixonou nesta casa foram os tons claros e a luz que abunda fazendo com que o espaço parece tão mais largo e bastante mais acolhedor.




A minha perdição por cozinhas largas, simples e cheias de luz, colmatadas numa só imagem que me deixou a sonhar e a desejar ter o meu espaço próprio, por mais pequeno que seja.









Images via Nordic Days






Joana, 28 anos e natural da cidade do Porto. 
Sou uma fotógrafa de profissão, louca por viagens e sempre com demasiadas opiniões para dar. 
Este é o meu blog no qual escrevo desde 2009 e ele já mudou tanto quanto eu mudei ao longo destes últimos, quase, 10 anos.

INSTAGRAM