Off the shoulder


A febre dos tops sem ombros está aí com o bom tempo, este ano vamos ver ombros por toda a parte, de todos os feitios, tamanhos e para todos os gostos. Se me lembro de já ter usado este tipo de tops à muitos anos atrás, posso dizer que fiquei realmente contente de os ver voltar e também eu fiquei com a "febre" dos tops off the shoulder desde que comprei este em azul na H&M.

ZARA

Se muitos acham que é preciso ter um certo tipo de corpo para usar estes tops, cá eu discordo, acho que todos os podem usar, eu assim o faço, e como sabem não sou o tipo de mulher com omoplatas e clavícula definida, e nem assim deixo de usar estas coisas giras, porque para mim tudo se resume à confiança e a usarmos o que queremos, sempre sabendo tirar o melhor partido disso.

H&M

Mas passando ao que importa, os tops e vestidos sem ombros estão aí, e apesar de haver tamanhos, feitios e padrões para tudo o que é gosto, as maiores tendências recaem sobre o algodão, poplina e ganga no que toca a tecidos, azuis claros, brancos e azuis marinhos no que toca a cores e ainda a lisos , riscas e florais nos padrões. Este ano a tendência não podia ser mais a meu gosto e eu já ando de loja em loja de olho em mil coisas e a esperar que outras tantas cheguem às lojas depois de já as ter visto na internet.

Pois bem, a "febre" está instalada, agora arrasem com esta tendência e já sabem, confiança acima de tudo, quer vistam um 32 ou um 52 (ou qualquer outro número).







Joana, 28 anos e natural da cidade do Porto. 
Sou uma fotógrafa de profissão, louca por viagens e sempre com demasiadas opiniões para dar. 
Este é o meu blog no qual escrevo desde 2009 e ele já mudou tanto quanto eu mudei ao longo destes últimos, quase, 10 anos.

INSTAGRAM