Ó meu rico São João


Hoje é a noite mais longa do ano para a cidade do Porto. É noite de São João, do cheiro dos manjericos, sardinhas e pimentos. É noite de quadras, alho porro e marteladas. Sapatilhas nos pés, sorriso no lábios e fazer kilómetros pela Ribeira fora, sem esquecer as Fontainhas, a Foz ou a Boavista.

Para mim esta é das tradições que sempre fez parte e sempre fará enquanto lá poder ir e enquanto viver, porque não é a festa de um santo, é a festa de uma cidade, de um povo, de coisas que só se vivem nesta noite e que trazem até nós tanta gente que se vê maravilhada por tudo o que cá se faz e cá se vive.

Agora é hora de sair de casa e desejar-vos um bom São João, caso o celebrem como eu, e se me virem pelo Porto não tenham medo de dizer algo, afinal nesta noite tudo vale e ninguém leva nada a mal.

Sem comentários:







Joana, 28 anos e natural da cidade do Porto. 
Sou uma fotógrafa de profissão, louca por viagens e sempre com demasiadas opiniões para dar. 
Este é o meu blog no qual escrevo desde 2009 e ele já mudou tanto quanto eu mudei ao longo destes últimos, quase, 10 anos.

INSTAGRAM