Douro Vinhateiro




Se o Verão é a época alta do meu trabalho, também há aqui e a acolá um fim-de-semana ou dois dias que dão para escapar do reboliço do trabalho, do barulho da cidade e da azáfama do dia-a-dia. São aquelas escapadinhas que fazem bem à alma para recarregar energias e deixar o stress de lado. Claro que são sempre escapadelas perto de casa uma vez que com dois dias para aproveitar uma pessoa não quer perder horas na viagem.


O Douro, aqui tão perto e tão nosso, é sempre boa ideia. Desengane-se quem acha que Douro Vinhateiro é só a zona de encostas à beira-rio, com paisagens verdes recortadas pela água. O Douro é bem mais, bem mais basto e pronto a ser explorado. Neste caso foi por terras de Santa Marta de Penaguião, com uma dormida no Solar da Quinta da Portela, daqueles lugares isolados, idílicos e onde a rede é quase nula, o que se torna perfeito para descansar mesmo como deve de ser.


Acordar com ar limpo, o som dos passarinhos e a calma de quem não tem quase nada para fazer, é daquelas coisas que às vezes são realmente necessárias. São as boas memórias que ficam de dois dias bem passados e o relaxamento inerente, aproveitando os poucos dias que tenho para descansar durante esta época de Verão e antes das férias merecidas lá para o fim de Setembro.


2 comentários:

  1. O Douro é um autêntico postal, uma ode à natureza à espera de ser descoberta <3 agora fiquei com vontade de voltar!

    ResponderEliminar
  2. Que fotografias lindas. Dá tanta vontade de estar lá!

    ResponderEliminar







Joana, 28 anos e natural da cidade do Porto. 
Sou uma fotógrafa de profissão, louca por viagens e sempre com demasiadas opiniões para dar. 
Este é o meu blog no qual escrevo desde 2009 e ele já mudou tanto quanto eu mudei ao longo destes últimos, quase, 10 anos.

INSTAGRAM