Um duo de efeitos infinitos



Hoje trago um post diferente, isto porque até podia ser uma simples publicação sobre um produto de beleza, neste caso de cuidados de rosto, mas não o é, apenas não o é por si só. Hoje falo de um produto e da marca por detrás dele, uma marca que completa 35 anos de existência.


A Avon já é conhecida de toda a gente. Quem nunca, afinal, comprou algo de um catálogo que uma tia, amiga ou vizinha tinha por lá? Muitas de nós começaram a dar os seus primeiros passos na maquilhagem com esta marca, eu por mim falo, e foi sem dúvida algo que nunca me envergonhou. A Avon está a completar os seus 35 anos de existência, 35 anos de produtos, inovação, gamas de cuidados, de maquilhagem e de milhões de seguidores que ainda se mantêm fiéis aos produtos que se vendem por catálogo e agora também online.

Em jeito de aniversário a marca enviou-me este produto que não se adapta à minha faixa etária, uma vez que é pensada para mulheres dos 35 aos 45, mas que mesmo assim deu-me a ideia perfeita de o oferecer a alguém, tal como a marca tem oferecido tanto às pessoas ao longos das últimas três décadas e meia.


Sem poder falar muito sobre o produto - mas mesmo assim com vontade de o usar - posso apenas dizer que faz parte da linha Anew Reversalist Infinite Effects, e neste caso o produto é um creme nocturno rotativo. Sim, rotativo pois tem duas fases, dois lados, dois cremes que se devem alternar a cada 7 dias. Se um dos lados ajuda a devolver luminosidade à pele, o outro ajuda a diminuir visivelmente os sinais da idade que vão aparecendo em especial na fase 35-45. A verdade é que o ser um creme rotativo deixou-me imensamente curiosa porque é mais difícil a pele acabar por ganhar habituação, sendo que o devemos rodar a cada semana, e assim conseguir efeitos mais duradouros e visíveis.

Agora é hora de o oferecer a alguém e esperar que me contem todos os resultados. Antes disso fica os meus parabéns pelos 35 anos da Avon e que venham mais uns outros tantos!



O produto foi enviado pela marca para revisão dos mesmo. As opiniões expressas são pessoais e imparciais.






Joana, 28 anos e natural da cidade do Porto. 
Sou uma fotógrafa de profissão, louca por viagens e sempre com demasiadas opiniões para dar. 
Este é o meu blog no qual escrevo desde 2009 e ele já mudou tanto quanto eu mudei ao longo destes últimos, quase, 10 anos.

INSTAGRAM