SLIDER

Olá, eu sou a Joana - a cara por detrás do The Paper and Ink. Vinte e muitos anos, natural e residente da belíssima cidade do Porto, sou uma fotógrafa e blogger que em 2009 criou este espaço em busca de uma maneira de dar a conhecer ao mundo a minha voz, as minhas ideias e paixões. O TPI é um lifestyle blog, ou seja, é um pouco de tudo o que marca a minha vida, me apaixona e que acredito ser importante partilhar.


52 mais tarde



Cinquenta e duas Sextas se passaram desde o início do ano e com todas elas, à excepção de hoje em que vemos todo o ano que passou, houve sempre um OOTD a sair. Não foi fácil, dou valor a quem faz isto quase todos os dias, e certamente mostrou-me que apesar de há um par de anos eu querer ser uma fashion blogger à força toda, na verdade não o sou e já deixei as aspirações de o ser bem de lado.

Continuo a adorar moda, vestir-me, arranjar-me mas fazer isso por obrigação não. 2018 não será, certamente, tão frutífero em termos deste tema, mas mesmo assim os OOTDs vão aparecer de quando em vez, afinal gosto de mostrar que um corpo como o meu pode vestir tanta coisa, basta saber combinar e encontrar o nosso estilo pessoal.



Agora passamos aos 12 outfits favoritos deste ano, um por mês e todos especiais. A melhor parte, olhando para eles agora é o facto de que, tirando dois deles fotografados pela minha Ji e pela minha mãe, terem sido sempre fotografados pela Liliana. Ela merece um post só para ela, quando o tempo for devido, afinal a blogosfera juntou-nos e neste último ano acho que muito do que por aqui passou e apareceu se deveu à ajuda dela, à motivação, às palavras de alento, ao facto de ela me dar na cabeça e me ajudar sempre que precisei. O blog trouxe-me muita coisa, mas como vos disse muitas vezes, o que de melhor me trouxe foram as pessoas e a Liliana sabe que está bem no topo da lista.

Pois bem, vamos lá começar a contagem das doze publicações de outfits favoritas de 2017. Espero que vocês me digam qual foi a vossa!



JANEIRO

Um mês frio mas com muito sol, os passeios sucederam-se entre aventuras, saídas com amigos e tanta coisa naquele que é o mês mais inspirado do ano.



FEVEREIRO

Eventos, saídas, passeios. Este foi sem dúvida o favorito, afinal os anos 50 são para mim aquela zona de conforto na qual gostava de ter vivido, apenas em termos de estilo, e no qual me revejo tão facilmente. Vestir-me a condizer para a abertura do Steak'n Shake deu nisto.



MARÇO

Mês do Dia da Mulher e este outfit representa tanto de mim! A camisola foi comprada por tanta gente, talvez nem para todos faça sentido mas para mim faz, é uma crença pessoal, algo em que acredito. Isso e no uso e abuso de boinas, trench coats e roupas confortáveis.



ABRRIL

Um mês corrido e mês em que completei 27 anos. Assim sendo escolhi o que usei no dia em que celebrei, junto de amigos que quero levar para a vida, o meu aniversário, com um piquenique na relva, imensa comida, gargalhadas e amor que me enche ainda hoje o coração.



MAIO

Este mês teve, possivelmente, o meu outfit favorito. Este vestido, ou o meu bibe favorito, foi das peças que mais usei, abusei e quis comprar meses antes de o poder usar. Não quero nem saber o que pensam das minhas coxas grossas e perna larga, eu sinto-me bem e para mim é tudo o que importa.



JUNHO

Mês preenchido, com pouco tempo mas apesar de vários outros outfits, este foi mesmo o que mais gostei. A descontracção de um top de veludo, jeans e um kimono marcam sem dúvida alguma os meus dias de Verão.



JULHO

Mais Verão, mais kimonos! Adorei estas fotos, apesar de a minha mãe achar que eu estava a sair de pijama à rua, eu senti-me levada a um tempo mais simples, mais descontraído, ao som do rock'n'roll e do peace'n'love. Uma espécie de Stevie Nicks dos tempos modernos.



AGOSTO

O blazer vemelho que veio de Madrid e que não me largou mais. A vide parisiense está lá, não fossem as fotos tiradas na zona das Galerias Paris. As riscas, o vermelho, as sabrinas, a minha verdadeira zona de conforto e o estilo em que me revejo com tanta facilidade.



SETEMBRO

O mês de muitoooo trabalho e viagens de uma vida. Mais uma vez o blazer vermelho, a t-shirt do ano e as calças mais confortáveis de sempre que comprei para trabalhar mas que acabaram a mandar uma pinta do caraças para serem usadas em qualquer ocasião.



OUTUBRO

Um misto de dias quentes, secos e outros mais frios, pelo menos os finais de tarde. Foi um mês de trabalho e pouca paciência para o resto quando eu só queria era aproveitar os tempos "mortos" para tirar uma soneca. Mas vá lá, dei por mim a viver cada dia e não ceder ao sono constante.



NOVEMBRO

A minha blusa de Natal, usada antes do tempo e o casaco mais lindo que nem é meu. Um mês de trabalho ainda mas com passeios a cantinhos de Portugal com companhia da amiga maravilha. Risota, dias de sol, muitas fotos e muito frio.



DEZEMBRO

Finalmente o fim do ano e o meu adorado frio. Estrear coisas quentinhas, compradas a pensar em Janeiro e numa viagem especial que vai acontecer. Sentir-me bonita, bem comigo e mesmo com trabalho, sentir que quero fazer muito mais e cada vez melhor.

Foram estes os doze favoritos, doze meses de um ano louco, corrido, cheio de coisas boas e memórias maravilhosas, quer tenha sido através de memórias fotográficas, peças de roupa ou pessoas especiais.

1 comment

  1. Já te disse que és linda, não disse? Mas pronto, é isso. És linda :D

    ReplyDelete

Cookies, Política de Privacidade e Segurança

© The Paper and Ink