Favoritos de 2017



Dois mil e dezassete, um ano que passou a voar com um sem fim de coisas maravilhosas, momentos inesquecíveis e oportunidades com as quais não sonharia nem em cem anos. Na verdade hoje nem falamos sobre isso mas o dia há de chegar, hoje concentramos a atenção num ano de produtos favoritos, os que chegaram de novo e os que se mantiveram fielmente no dia-a-dia. Afinal um ano também é composto por todas as coisas que passam por nós, incluindo os produtos de beleza.

Entre a maquilhagem e os produtos de cuidados, a escolha foi renhida mas houve vencedores bastante óbvios que lá ficaram no topo da lista para aqui aparecerem como os Favoritos de 2017.


Foi o ano das paletas, uma quantas entraram na colecção mas estas duas foram sem dúvida das mais usadas e abusadas. Uma de sombras de olhos a outra de blushes e iluminador, a primeira da Zoeva e a segunda da Nars, que finalmente chegou a Portugal. Desde que entraram cá em casa não saíram mais da prateleira dos produtos do dia-a-dia e tão cedo não irão sair com certeza. Ainda vos falta falar sobre uma delas mas não se preocupem que o tempo há de chegar.

Ainda as sombras em creme da Shiseido que vieram morar comigo à alguns meses ganharam lugar de destaque por serem daquele tipo de produtos que se aplica com os dedos, sem mais nenhum aliado e estamos prontos a sair. Das coisas que no facilitam a vida o que é sempre bom.

Ainda no departamento de blushes este da Quem Disse, Berenice? tornou-se totalmente um favorito desde que veio para cá morar.  A pigmentação é de loucos e dura horrores na pele para um aparente simples blush em pó. O melhor é mesmo ser dos blushes mais em conta e com qualidade que se pode adquirir. 


Pela minha pele, este ano, poucas bases passaram mas a HD Liquid Coverage foi do princípio ao fim aquele que mais me apaixonou e à qual volto quer seja no dia-a-dia ou em outra qualquer ocasião. É tão fácil de construir, aplicar e duradoura que custa a crer ser uma base a menos de 10€. Para além disso com o sistema conta-gotas dura uma vida.

Bochechas e mais bochechas porque com esta cara de lula eu preciso de algo que me dê cor. Passei o Verão todo com este Lip and Cheek Tint da Guerlain, acho que adorei a cor que a minha pele adquiria, uma vez que é um produto que se adapta ao nosso Ph, mas adora especialmente o cheirinho que me lembra pêssegos e algo mais.

O ano todo foi marcado por batons líquidos e a colecção da Quem Disse, Berenice? que cresceu para bem mais de dez batons líquidos. Acho que isto é motivo mais que suficiente e explicação necessária para ter estes dois aqui...foram os mais usados de todos mas a verdade é que a colecção podia aparecer aqui completa sem qualquer problema.

Ainda no rosto este Vamp Brow Eyebrow Crème que comprei na &Other Stories na viagem a Madrid. Foi dos produtos que veio por vir e acabou por ser uma maravilhosa revelação. É o melhor produto, estilo gel, que tenho para as sobrancelhas, com a cor perfeita num castanho acinzentado neutro e que preenche qualquer falha, é à prova de água e dura o dia inteiro.


Finalmente, e para acabar, nos cuidados de rosto, o meu trio mais adorado deste ano. Um sérum, um creme de contorno ocular e um hidratante de rosto diário com SPF.

O Leti SR, sérum, tem sido maravilhoso em especial agora no Inverno quando a rosácea me afecta mais com as mudanças de temperatura, mesmo assim usei-o o tempo todo desde que o recebi. Já o Ultra Facial Cream da Kiehl's foi o meu primeiro produto da marca e foi como acertar no jackpot, ele é maravilhoso, hidratante sem ser pesado e já não o dispenso na minha rotina.

Finalmente o gel de contorno de olhos da Clarins, amoriznho oferecido por uma amiga que não me causa mília, hidrata devidamente, dá aquela sensação de fresquinho que ajuda a combater papos e mantém a zona ocular bonita, hidratada e e sem problemas que queira disfarçar com mil camadas de corrector.







Joana, 28 anos e natural da cidade do Porto. 
Sou uma fotógrafa de profissão, louca por viagens e sempre com demasiadas opiniões para dar. 
Este é o meu blog no qual escrevo desde 2009 e ele já mudou tanto quanto eu mudei ao longo destes últimos, quase, 10 anos.

INSTAGRAM