Adorados: La Roche-Posay


Mais uma segunda-feira de Abril com uma marca favorita, daquelas que é cada vez mais favorita, e que se não tenho cuidado qualquer dia toma-me a casa de assalto e fica espalhada por toda a parte, "infectando" todos os membros cá de casa com o vício pela marca. Estou a falar da La Roche-Posay, a minha marca favorita de farmácia e cuidados.


Uma pessoa começa com um protector solar em promoção e a partir daí é um caminho em que não há retorno. Brincadeiras à parte foi provavelmente por aí que começou, pelos protector solares e after sun. Se há coisa com a qual não brinco é o sol, então desde os meus 15 anos em que os escaldões são mais que os bronzeados, sou muito fiel aos 50+ e a boas marcas que me conferem segurança. A La Roche-Posay lá acabou por ganhar destaque no meio de várias outras e todos cá em casa a usam, assim aproveitamos e compramos tamanhos familiares.

Há ainda os protectores de rosto e desde o ano passado com o primeiro escaldão no couro cabeludo que não vou a lado nenhum sem o Anthelios Anti-brilhos, que é uma bruma seca que posso usar na cabeça sem deixar o cabelo gorduroso ou com aspecto de ter aplicado alguma coisa.


Depois comecei a experimentar já que a marca tem vários produtos que se destinam ao mais diversos problemas e quase todos perfeitos para pele sensível e hiper-reactiva como a minha. Entre as minhas compras e as da minha mãe - que também uso - começamos a ter um belo arsenal de produtos que usamos todos os dias, incluindo a Água Termal, um daqueles produtos sem o qual não passo especialmente nos meses mais quentes.

Na verdade ainda há um monte de produtos que quero comprar e testar mas sem dúvida que comparativamente a outras marcas a La Roche-Posay tem preços acessíveis com linhas fantásticas, sem termos de comprometer a qualidade ou a carteira.







Joana, 28 anos e natural da cidade do Porto. 
Sou uma fotógrafa de profissão, louca por viagens e sempre com demasiadas opiniões para dar. 
Este é o meu blog no qual escrevo desde 2009 e ele já mudou tanto quanto eu mudei ao longo destes últimos, quase, 10 anos.

INSTAGRAM