Em juta, bamboo, ráfia,  no que quer que seja, as malas estilo cesto de palhinha vão ter o grande lugar de destaque este ano depois de no ano que passou já se ter começado a sentir a sua influência. Pessoalmente tenho a sorte de ter artigos nacionais, antigos, em perfeito estado, que foram guardados pela minha mãe e que vou agora descobrindo aos poucos e colocando a uso, como a cesta da imagem que já tantos me perguntaram onde comprei.

De quando em vez acontece, eu venho por aqui falar sobre aquele lado mais artístico da vida, que seja na forma de sétima arte, de livros, de fotografia, do que quer que seja. Cresci a adorar arte, estudei artes no secundário e no superior, e como fotógrafa a minha está intrinsecamente e obviamente ligada à arte de qualquer forma que seja.


Uma parte da minha rotina capilar do último mês. Claro que faltam outros produtos mas tenho sido fiel a estes três, todos eles trazidos pela minha mãe - sempre preocupada com o meu bem estar capilar - depois das minhas queixas do costume que já nem passam pela densidade capilar mas pelo facto do meu couro cabeludo ser sensível e extremamente oleoso.
Pizzaria Luzzo - Boavista Menu, Reviews, Photos, Location and Info - Zomato

Pizzas, cocktails e uma esplanada. Acho que este resumo parece uma história perfeita de Verão, coisa que até podia ser, isto se não tivesse sido na passada Terça à noite. Mesmo assim acho que vai ser para repetir, em noites de Verão e em todas as outras em que os amigos alinharem comigo para um serão bem passado em redor de uma mesa...tal como gostamos!


Não é novidade que tenho tendência a procurar mais roupa online que em lojas físicas, apesar de ainda ter sempre muito receio já que as minhas peças variam muito de tamanho e comprar online é sempre um bocadinho "atirar à sorte" e esperar pelo melhor resultado.


Estas fotos não foram tiradas a pensar numa publicação deste género, foram feitas pela mão maravilhosa da Luísa durante um workshop de arranjos florais que fizemos juntas na Botânica Florista, na zona do Campo Alegre. Na verdade quando vi as fotos fiquei de tal modo apaixonada que pensei que tinha de arranjar um modo de as mostrar por aqui e assim criei esta publicação ao estilo de OOTD. Afinal estou a mostrar o que usei naquele dia, tal como o que fiz por lá, as poses malucas e habituais para fotografar e tanto mais.

A minha pele tem invertido o sentido daquilo que conheci em toda a minha vida, uma pele mista com tendência a oleosa, que começa agora a passar a um normal com tendência a áreas secas. Claro que com esta mudança surgem as mudanças na rotina e achei que estava mais que na altura de introduzir e experimentar alguns óleos faciais e começar com um óleo de limpeza era sem dúvida um óptimo passo.

De quando em vez recebe-se uma mensagem do género "Não tenho nada para fazer hoje. Vamos a algum lado?" e num par de horas arranja-se tudo à pressa, faz-se à estrada e junta-se um grupinho de amigos com planos que que mesmo feitos à pressa acabam sempre por dar um bom resultado.



Se há dez anos atrás me dissessem que um dia ia fazer um workshop de arranjos florais, adorar cada segundo e ser o tipo de pessoa que quer ter sempre flores em casa, eu ia rir-me na cara de alguém porque cresci sem gostar muito de flores, à excepção de tulipas. Mesmo assim nunca liguei muito e não entendia quem o fazia. Hoje em dia, talvez por fazer tantos casamentos, ou só porque a idade assim me levou a isso, adoro flores - com poucas excepções - e adoro ter flores frescas em casa, fazer arranjos imperfeitos e ver a beleza das flores e plantas de cada época.



Andava com esta ideia, juntamente com a Liliana, há mais de um ano. O Senhor de Matosinhos neste mês de maio é o arranque perfeito para os meses de Verão e sempre nos pareceu o local perfeito para fotos coloridas, cheias de luz e acima de tudo muito boa disposição. Finalmente este ano fizemos o que tínhamos em mente, acabamos por nos rir imenso, ficar todas pegajosas de algodão doce e foi realmente divertido.


Vocês sabem que se tivesse de escolher um tom de batom para a vida, esse tom seria quase de certeza um vermelho, de subtom frio, tal e qual aqueles que mais adoro. Em boa verdade vos digo que apesar de tudo ando numa de maquilhagem mais descontraída e isso tem-me levado para os tons mais rosados, mais tom de boca e este Rosavida é mesmo um deles.



Piadinha de título, só porque é algo que acontece uma e outra vez mesmo que tenha nascido e crescido nesta cidade. Claro que as pessoas são amorosas porque querem ajudar, mas acabo sempre a rir internamente por acharem que sou turista porque a verdade é que quando abro a boca notam logo que tenho sangue e alma portuense.


Temos tido uma semana de sol, bom tempo, dias amenos, perfeita Primavera. Diz-se que o fim-de-semana já vai estragar os planos a muita gente mas cá eu já tirei tudo o que é do Inverno do armário, já estou em modo manga curta e não conto que seja de outra maneira durante os próximos meses, nem que tenha de andar de guarda-chuva, casaco de malha e sapatilhas os meses todos.


Abril foi de facto um mês muito frutífero no que toca a compras e prendinhas na área da beleza, especialmente como dá para ver no departamento da maquilhagem. Se não me conhecesse como me conheço até fazia um jejum de compras do género durante uns meses, mas aposto que isso não ia durar muito tempo.


Cantina 32 Menu, Reviews, Photos, Location and Info - Zomato

Domingo é sempre dia de vos levar a um lugar novo, por vezes em viagens, outra vezes em locais a visitar e especialmente nos quais comer. Hoje é isso mesmo, mais um lugar no Porto que descobri recentemente e no qual celebramos o aniversário do meu irmão em Abril. O Cantina 32 fica quase no final da Rua das Flores, a chegar ao Largo de São Domingos e costumo estar sempre tão cheio que convém mesmo fazer reserva.


Tenho estas fotos guardadas há meses, sempre na esperança de encontrar o momento certo de partilhar este momento bonito, e acho que já que amanhã é Dia da Mãe, este post e as fotos podiam inspirar alguém para fazer um brunch por casa, simples e rápido como uma surpresa para aquela mulher tão especial.



Repetido uma e outra vez, o blazer vermelho volta a passear comigo porque os blazers estão, de facto, na moda. Especialmente assim neste registo mais descontraído, sem ser demasiado estruturado e ligeiramente mais largo. A verdade é que mesmo que não fosse moda eu ia usá-lo na mesma, não preciso mesmo de desculpas para usar uma das minhas peças favoritas, não é?


A poucos dias do Dia da Mãe sei que já correm por aí listas de sugestões sem fim, assim sendo achei que o meu contributo mesmo que insignificante podia inspirar alguém. Inspirei-me na minha própria mãe, a que adoro, a melhor do mundo e a que conheço a fundo. Cada um saberá o que melhor se adapta à sua e assim a saberá surpreender da forma mais certa.



Chegou Maio, chegou o quinto mês do ano e esperemos que tenha vindo mesmo a Primavera para ficar. Abril foi um mês a meio gás, quer no trabalho, quer no tempo que se fez sentir, mas mesmo assim foi o mês do aniversário, de alguns eventos, de estar com pessoas que tanto gosto. Foi um mês maravilhoso, não lhe mudava nada mas Maio chega agora e traz tanto com ele.







Joana, 28 anos e natural da cidade do Porto. 
Sou uma fotógrafa de profissão, louca por viagens e sempre com demasiadas opiniões para dar. 
Este é o meu blog no qual escrevo desde 2009 e ele já mudou tanto quanto eu mudei ao longo destes últimos, quase, 10 anos.

INSTAGRAM