Volvemos a Madrid #3


O último dia por Madrid foi curtinho e deu para apenas algum passeio antes do regresso. Mesmo com malas decidimos fazer o percurso entre o nosso hotel e estação de Atocha, onde iríamos apanhar o autocarro de volta ao aeroporto, a pé e assim aproveitar o sol e para ver os locais pelos quais ainda não tínhamos passado.

Acordamos já tarde, em boa verdade adormecemos, mas ainda deu para tomarmos o pequeno-almoço, fazermos as malas e fazer o check-out antes do meio-dia. Decidimos seguir a pé pelo Passeio do Prado em direcção a Atocha. Assim passamos pelo Caixa Forum e o Museu Reina Sofia onde nos sentamos um pouco, numa zona com sombra, para apreciarmos a praça em frente ao museu e descansarmos um pouco.

O sol chegou e com ele veio um calor quase abrasador. Madrid é mesmo assim, tudo ou nada. Não nos queixamos mas pelo fim da manhã já era impensável andar-se muito tempo em zonas mais expostas ao sol.


Acabamos por chegar a Atocha bem cedo, deu para tirar algumas fotos mas infelizmente grande parte da zona tropical da estação estava em obras. Posso dizer que apanhamos Madrid em obras de uma ponta à outra, nada escapava, nem o Retiro, nem a Gran Vía...nada! Não deu para tirarmos certas fotos e as que tiramos muitas delas foram "manchadas" por locais de construção, áreas tapadas e maquinaria pesada.

Acabamos por almoçar por ali, dar um saltinho ao Starbucks junto ao Reina Sofia e eventualmente partir mais cedo em direcção ao aeroporto, com o tempo já a mudar para umas nuvens cinza.

Não tivemos problemas com o voo e chegamos ao Porto ainda de dia mas com uma cidade muito cinzenta e chuvosa.


Adoramos os quase três dias em Madrid, e prometemos que havemos de lá voltar juntas para ir passear e visitar os locais que desta vez ficaram fora da visita.

A quem perguntou sobre o hotel, o Room 007 Ventura, ficam aqui algumas fotos. É um hostel/hotel, nós optamos por um quarto twin, privado, com casa de banho privada. Há certas coisas que prezo muito, e apesar de a ideia de ir para um hostel ser poupar dinheiro, a verdade é que prefiro sempre um quarto privado mesmo que para isso tenha de pagar um pouco mais.








Joana, 28 anos e natural da cidade do Porto. 
Sou uma fotógrafa de profissão, louca por viagens e sempre com demasiadas opiniões para dar. 
Este é o meu blog no qual escrevo desde 2009 e ele já mudou tanto quanto eu mudei ao longo destes últimos, quase, 10 anos.

INSTAGRAM