Tão Lit que virou fogo


Pois é, parece que entre não escrever nada ou vir aqui lançar opiniões sobre produtos de beleza sem os quais já não vivo, acabo por preferir o segundo antes que o blog caía totalmente no abandono. Em boa verdade já tenho ideias para algumas publicações que quero fazer, essencialmente na área de viagens, mas enquanto o tempo é escasso para editar fotos, pesquisar e escrever sobre o assunto, trago-vos mais uma opinião rápida sobre algo que me conquistou.

Vamos colocar isto nestes termos, eu desde há muito que queria experimentar algo da Colour Pop. Tudo o que ouvia falar aliado ao bons preços pareciam-me ali uma coisa boa demais para acreditar. Mal de todos os males é que o raio da marca não se vende cá na Europa e uma pessoa não é feita de dinheiro para pagar portes de produtos vindos dos EUA e ainda transpirar a imaginar que a encomenda vai parar na alfândega. 




Surpresa das surpresas quando alguém avisa via IG que a Colour Pop estava com portes grátis para todo o mundo, sem mínimo de compra, ali em meados de Novembro. Lá vai a louca a correr ao site, correr cada página, cada categoria, num mete e tira coisas do cesto. Finalmente respirei fundo e decidi mandar vir a paleta Lit da colaboração Colour Pop x Bretman Rock porque as cores deixaram-me enamorada e porque o que mais me interessava eram mesmo as sombras da marca.

A encomenda demorou menos de uma semana a chegar, vinda directamente de Los Angeles, deixando-me assim numa pasmaceira única já que tal nunca me tinha acontecido. Abri, cheia de esperanças e dei de caras com uma paleta que me deixou logo excitadíssima. 

Foi logo colocada a uso e só vos digo que dois meses depois continua a ser usada quase sempre que me maquilho. Aquele primeiro tom, o Or Whatevah é perfeito para aplicar ali na pálpebra toda, como quem não quer a coisa e sair de casa com um look ao estilo "no make-up makeup!".

Na verdade a paleta tanto dá para um look básico como para algo de arrasar, especialmente com o Mercy metálico, divinal e que se aguenta como louco! Todas as sombras têm uma pigmentação para lá de boa, duram horas, não acumulam e ainda por cima parecem manteiga, sem esfarelar e aplicam que é um sonho.


Não estou a brincar quando digo que para uma paleta de 12$ faz frente a paletas de 60€ que ali tenho na gaveta.

Casa sombra tem 1,10gr de produto, o que dura um bom tempo, e sendo que a paleta tem um total de 8 sombras, estamos a falar de algo como 1,50$ (1,25€ dependendo da conversão) por sombra, uma pechincha autêntica. 

O único mal? Terem de esperar por uma oferta dos portes e terem ainda o cuidado de não exceder os 22€ em compras (arredondem para os 20€) para não terem a encomenda a ser parada na alfândega. A Colour Pop oferece os portes para todo o mundo em compras acima de 50$ mas já sabemos como é a nossa estimada alfândega.

1 comentário:

  1. Por acaso conheço o trabalho no social media do Bret e ele é uma comédia! Gostei das cores da paleta :)

    She Walks Blog
    Shewalksblog Instagram

    ResponderEliminar







Joana, 28 anos e natural da cidade do Porto. 
Sou uma fotógrafa de profissão, louca por viagens e sempre com demasiadas opiniões para dar. 
Este é o meu blog no qual escrevo desde 2009 e ele já mudou tanto quanto eu mudei ao longo destes últimos, quase, 10 anos.

INSTAGRAM